Morelli NutriçãoMorelli Nutrição

Pirâmide Alimentar

Pirâmide Alimentar

Um Guia para a Escolha dos Alimentos

Visando promover a saúde e os hábitos alimentares saudáveis, as principais orientações sobre alimentação foram reunidas em um guia alimentar. Adotou-se a forma gráfica da pirâmide para veiculação de informações contidas nesse guia, como o estabelecimento de níveis e porções.
A Pirâmide Alimentar é um guia que nos ajudam na escolha dos alimentos. Auxilia a planejar as refeições diárias de maneira adequada, balanceada e saudável.
A apresentação dos alimentos em grupos permite uma associação mais fácil dos alimentos por nomes populares e as respectivas porções em unidades ou medidas caseiras, ou seja, na forma como cada um de nós costuma comer o alimento considerando o nutriente-fonte principal (p. ex., uma fatia de mamão: grupo das frutas – fonte de vitaminas e minerais).

A Pirâmide é composta por 8 grupos:

• Grupo do Pão, Arroz, Batata e Tubérculos:
Esse grupo compõe a base da pirâmide, são os alimentos fonte de energia para nosso corpo, é esses alimentos que nos dão energia para, andar, correr, trabalhar, fazer nossas atividades diárias. Dê preferência aos alimentos integrais, pois são ricos em fibras, que ajudam a regular o funcionamento do intestino e dão sensação de saciedade.

• Grupo das Verduras e Legumes:
Esse grupo localiza-se na pirâmide, acima do grupo de cereais, é o grupo dos reguladores, que fornecem vitaminas, minerais e fibras. Colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo, evitando e ajudando a combater doenças como gripes e resfriados.

• Grupo das Frutas:
Também fazem parte dos reguladores e são fonte de vitaminas, minerais e fibras. Colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo, evitando e ajudando a combater doenças como gripes e resfriados. Dê preferência as frutas da época, pois além de mais baratas, são mais saborosas.


• Grupo das Leguminosas
Esse grupo situa-se na parte central da pirâmide, são conhecidos como alimentos construtores. São os alimentos compostos por proteínas de origem vegetal, contem fibras e ferros. São encontradas no feijão, ervilha, soja, lentilha.

• Grupo do Leite e Derivados:
Também situado na parte central da pirâmide, além de serem fontes de proteínas são fontes de cálcio e fósforo, minerais importantes para manter os ossos saudáveis.

• Grupo das Carnes, Frangos, Peixes e Ovos:
Encontrado na parte central da pirâmide, são alimentos construtores, fontes de proteínas de origem animal, sendo essenciais para o crescimento, formando o corpo, ossos, pele, dentes, unhas, cabelos, etc. Além disso, são fontes de ferro, importantes na prevenção da anemia.

• Grupo dos Óleos e Gorduras:
Este grupo encontra-se no topo da pirâmide alimentar, indicando que devem ser consumidos com moderação, pois o excesso pode trazer riscos para a saúde. Conhecido com alimentos energéticos extra. São responsáveis por dar sabor aos alimentos, mas, por serem altamente calóricos, em excesso podem causar a obesidade além de aumentar o colesterol ruim (LDL). São encontrados em óleos, sementes oleaginosas (amendoim, castanha, nozes, avelã), manteiga e margarina e derivados destes.

• Grupo dos Açúcares e Doces:
Também se encontra no topo da pirâmide alimentar, indicando que devem ser consumidos com moderação devido ao seu alto valor calórico e baixo valor nutricional, pois o excesso pode trazer riscos para a saúde. Conhecido com alimentos energéticos extra. São encontrados em alimentos como mel, doces, açúcares.

Além dos grupos é importante ressaltar:

Água
A água também faz parte de uma boa alimentação. Ela desempenha um papel essencial em quase todas as funções do corpo humano. É utilizada para digestão e absorção, para o transporte de nutrientes, ajuda a manter a temperatura do corpo estável. Tem ainda grande importância na prevenção da desidratação, como também para evitar a sobrecarga renal e a constipação intestinal.
Os adultos necessitam ingerir em média de 6 a 8 copos de água por dia, sendo esta quantidade ingerida nos intervalos das refeições, pois junto delas atrapalham o processo digestivo, o qual se torna mais lento.

Fibras
As fibras alimentares são substâncias presentes nas plantas, que não fornecem energia e resistem à digestão pelas enzimas do tubo digestivo. A maioria das fibras provém das frutas, vegetais, feijões, ervilhas e outras leguminosas, cereais, grãos e sementes.
Entre os principais efeitos das fibras na dieta estão: prevenção da prisão de ventre, sensação de saciedade, pelo atraso do esvaziamento gástrico, tornando mais lenta a digestão e absorção de nutrientes, aumento do bolo fecal, regularização do trânsito intestinal.
Ainda auxilia na redução dos níveis elevados de colesterol no sangue, diminui a probabilidade de doença cardiovascular, câncer de cólon, diabetes e outros distúrbios gastrointestinais e ajuda a controlar o peso.
Entretanto, quando em excesso, pode causar distensão abdominal e pode levar a deficiência de minerais. Alguns alimentos ricos em fibras, ainda podem causar flatulência. Por isso, há necessidade de uma dieta equilibrada, pois esta fornecerá a quantidade necessária de fibras, sem excesso.

Atividade Física
A prática regular de exercícios físicos acompanha-se de benefícios que se manifestam sob todos os aspectos do organismo. Auxilia na melhora da força e do tônus muscular e da flexibilidade, fortalecimento dos ossos e das articulações. Com relação à saúde física, observamos perda de peso e da porcentagem de gordura corporal, redução da pressão arterial em repouso, melhora do diabetes, diminuição do colesterol total e aumento do HDL-colesterol (o "colesterol bom"). Todos esses benefícios auxiliam na prevenção e no controle de doenças, sendo importantes para a redução da mortalidade associada a elas.

Criado em: 15-05-2010 - Alterado/Corrigido em: 08-12-2010

As informações contidas no site MORELLINUTRICAO possuem apenas caráter educativo.



  • Curta nossa Fan Page
  • • Compartilhe
  • Del.icio.us
  • Blogger
  • Linkedin
  • Google Bookmarks