Morelli NutriçãoMorelli NutriÁ„o

Artigos

Vitaminas

A palavra ‚Äúvitamina‚ÄĚ originou-se do termo vitae amine, criado por Casimir Funk, em 1911, estendendo-se at√© o ano de 1920, quando se encerrou o primeiro ciclo de investiga√ß√Ķes sobre as vitaminas.
As vitaminas s√£o compostos org√Ęnicos que ocorrem naturalmente em tecidos vegetais e animais em diferentes quantidades. S√£o essenciais para a manuten√ß√£o do metabolismo normal, desempenhando fun√ß√Ķes fisiol√≥gicas especificas.
As vitaminas existem naturalmente em nossos alimentos e s√£o afetadas pela industrializa√ß√£o, armazenamento e prepara√ß√£o. As vitaminas s√£o classificadas, de acordo com sua solubilidade na √°gua ou na gordura. Atualmente, pelo menos 13 vitaminas s√£o consideradas nutrientes essenciais. Elas s√£o classificadas em 2 grupos, conforme suas caracter√≠sticas qu√≠micas: Lipossol√ļvel  e hidrossol√ļvel.

Vitaminas Lipossol√ļveis
Constituem o grupo de substancias org√Ęnicas com estrutura variada, insol√ļveis em √°gua, mas sol√ļveis em lip√≠dios e seus solventes org√Ęnicos. N√£o tem valor energ√©tico. Faz parte deste grupo as vitaminas A, D, E, K.

Vitamina A
A vitamina A é necessária para o crescimento e manutenção do tecido epitelial, para o desenvolvimento dos ossos e para a manutenção da acuidade visual na obscuridade. Um precursor da vitamina A, o caroteno, é encontrado nos vegetais amarelos e verdes. O organismo tem a capacidade de converter o caroteno em vitamina A.
A defici√™ncia de vitamina A causa √† cegueira noturna, pele descamativa e √°spera, ressecamento da membrana mucosas, dando em resultado a diminui√ß√£o de resist√™ncia a infec√ß√Ķes e desenvolvimento defeituoso de ossos e dentes, perda de apetite, diminui√ß√£o do paladar e ulcera√ß√£o de c√≥rnea.
Toxidade: Secura de pele e mucosas, cabelos √°speros, unhas fr√°geis, fraqueza, anorexia, cefaleia, irritabilidade, dores √≥sseas e hidrocefaleia e v√īmitos (crian√ßas e lactentes).
Fontes de vitamina A: Fígado, manteiga, creme de leite, leite integral, gema de ovo, vegetais verdes e amarelos, óleo de peixe, legumes e frutas amarelos e/ou verde-escuros.

Vitamina D
A vitamina D está relacionada com a absorção e utilização do cálcio no desenvolvimento dos ossos e dentes. Uma deficiência de vitamina D causa deformidades ósseas: raquitismo nas crianças e osteomalácia nos adultos diminui a absorção de cálcio intestinal, diminui cálcio e fósforo plasmáticos e aumenta fosfotase alcalina, fraqueza muscular.
Toxidade: anorexia, perda de peso, sonol√™ncia, cefaleia, v√īmitos, c√°lculos renais, tremores, hipertens√£o arterial sist√™mica, diarreia, obstipa√ß√£o e arritmias card√≠acas.
Fontes de vitamina D: Fígado, óleo de peixe, sardinha, atum, salmão, arenque, exposição ao sol (a vitamina D é sintetizada na pele), leite enriquecido com vitamina D, óleo de fígado de peixe, manteiga, gema de ovo.

Vitamina E
O papel especifico da vitamina E na nutri√ß√£o humana √© de antioxidante celular. A Vitamina E √© encontrada em muitos alimentos de modo que em uma variada dieta ela n√£o √© deficiente. A defici√™ncia de vitamina E causa dores musculares, esteatose, encefalopatia, dep√≥sitos de lipopigmentos, anemia hemol√≠tica em prematuros e altera√ß√Ķes no epit√©lio semin√≠fero, alterando a espermatog√™nese.
Toxidade: Náuseas, cefaleia, fadiga, diminuição de fatores de coagulação, déficit na função circulatória, hipoglicemia.
Fontes de Vitamina E: √ďleos vegetais, margarinas, manteiga  gema de ovo, nozes, am√™ndoas, avel√£, vegetais de folhas verdes, carnes, leite e cereais.

Vitamina K
A vitamina K √© essencial para a forma√ß√£o da protrombina (prote√≠na do plasma envolvida na coagula√ß√£o do sangue). √Č sintetizada pela Escherichia Coli no intestino grosso, tamb√©m est√° largamente difundida nos alimentos. A defici√™ncia da vitamina K, que ocorre somente nos rec√©m - nascidos, resulta da esterilidade de seus intestinos ou de doen√ßas nas quais a absor√ß√£o da vitamina √© comprometida, tend√™ncia ao aumento de hemorragias, hemat√ļria, epistaxes, osteoporose por descarboxila√ß√£o parcial ou total da osteocalcina (prote√≠na da matriz √≥ssea).
Toxidade: Anemia hemolítica e hiperbilirrubinemia.
Fontes de vitamina K: Fígado, gema de ovo, óleos vegetais (principalmente os de canola e soja), leite de vaca, vegetais folhosos verde-escuro, principalmente brócolis, couve-de-bruxelas, repolho, alface, salsa, espinafre e agrião.

Vitaminas Hidrossol√ļvel
As vitaminas hidrossol√ļveis n√£o s√£o armazenadas em quantidades significativas no organismo, o que leva √° necessidade de suprimento di√°rios dessas vitaminas, evitando consequ√™ncias danosas da falta desses compostos no seu funcionamento normal. Pertencem a esse grupo as vitaminas do complexo B e vitamina C.

Vitamina B1 ‚Äď Tiamina
Tamb√©m conhecida como aneurina ou vitamina F. √© necess√°ria ao organismo como componente de enzimas; √© importante na decomposi√ß√£o e na oxida√ß√£o de hidratos de carbono. A defici√™ncia de tiamina resulta em Berib√©ri ‚Äď confus√£o mental, edema, paralisia perif√©rica, taquicardia e cardiomegalia, rigidez, c√Ęimbras musculares, anorexia, oftalmoplegia, dist√ļrbio neurol√≥gicos e cardiovasculares ‚Äď S√≠ndrome de Wernicke-Korsakoff, irritabilidade, depress√£o, obstipa√ß√£o intestinal, dispneia e palpita√ß√£o.
Toxidade: Em megadoses terapêuticas: náuseas, hemorragia digestiva, colapso cardiovascular, edema pulmonar, pruridos, urticárias.
Fontes de Vitamina B1 ‚Äď Tiamina: Carnes vermelhas, v√≠sceras, legumes, levedo de cerveja, cereais integrais, leite de vaca, gema de ovo, peixe, carne de porco, galinha e leguminosas secas (feij√Ķes, lentilhas etc.).

Vitamina B2 ‚Äď Riboflavina.
A vitamina B2 ou riboflavina √© essencial para o metabolismo e necess√°ria para o crescimento. As fontes de riboflavina tendem a baixar na dieta americana habitual. A defici√™ncia de riboflavina causa arriboflavinose, neuropatia, queilose, glossite, estomatite angular, queimaduras no p√©s e  seborreia nasolabial, nariz e testa.
Toxidade: N√£o h√° relatos.
Fontes de Vitamina B2 ‚Äď Riboflavina: Carnes vermelhas e brancas, v√≠sceras, leite de vaca, queijos, ovos, vegetais de folhas verdes e gr√£os integrais.

Vitamina B3 ‚Äď Niacina
Niacina ou ácido nicotínico é essencial para a utilização das proteínas. O organismo esta apto a sintetizar a niacina a partir de aminoácido essencial: triptofano. Uma deficiência de niacina resulta em pelagra-desordem mentais, dermatite eritematosa e diarreia: doença dos 3Ds; vaginite, fraqueza muscular, anorexia.
Toxidade: Arritmias, n√°useas e v√īmitos, diarreia, √ļlcera p√©ptica, e aumento da bilirrubina e transaminases.
Fontes de Vitamina B3 ‚Äď Niacina: Carnes vermelhas e brancas, peixes (linguado e atum), f√≠gado, ovos, g√©rmen de trigo, leite, manteiga de amendoim, ervilha e batata.

Vitamina B5 ‚Äď √Ācido Pantot√™nico.
O √°cido pantot√™nico √© assim chamado porque se encontra em todos os seres viventes. Atua no metabolismo dos nutrientes, na s√≠ntese do colesterol e nos horm√īnios esteroides, al√©m de participar do funcionamento do c√≥rtex adrenal. Devido a sua larga distribui√ß√£o nos alimentos, suas defici√™ncias causa emagrecimento, crescimento lento, cefal√©ia, altera√ß√Ķes nervosas, √ļlcera digestiva, ins√īnia, n√°useas e v√īmitos, dorm√™ncia e formigamento (m√£os e p√©s), constipa√ß√£o intestinal e fraquezas dos m√ļsculos extensores dos dedos.
Toxidade: Em megadoses: diarreia.
Fontes de vitamina B5 ‚Äď Pantot√™nico: Carnes Vermelhas, mi√ļdos (f√≠gado, cora√ß√£o e rins), br√≥colis, couve-flor, batata, tomate, cogumelo, amendoim, g√©rmen de trigo, peixe (salm√£o).

Vitamina B6 ‚Äď Piridoxina
A vitamina B6 √© utilizada pelo organismo para metabolizar nutrientes, para sintetizar amino√°cidos n√£o ess√™ncias, para converter triptofano em niacina e para assegurar o perfeito funcionamento das c√©lulas sangu√≠neas e do sistema nervoso central. As defici√™ncias da vitaminas B6 causa mudan√ßa de personalidade, irritabilidade, depress√£o, perda do senso de responsabilidade, hipertrofia da papilas gustativas, seborreia na regi√£o nasolabial, erup√ß√£o cut√Ęnea acneiforme papular na face.
Toxidade: N√£o h√° relatos.
Fontes de Vitamina B6 ‚Äď Piridoxina: Carnes vermelhas, f√≠gado, peixe, ovos, leite de vaca, g√©rmen de trigo, legumes, batata, banana e aveia.

Vitamina B7 ‚Äď Biotina
A biotina tamb√©m ocorre em quase todos os seres vivos. √Č importante na s√≠ntese dos √°cidos graxos, na utiliza√ß√£o de glicose, no metabolismo proteico e o uso de vitamina B12 e √°cido f√≥lico pelo organismo. Uma substancia proteica existente na clara de ovo crua, avidina, se combina com a biotina e impede sua absor√ß√£o. A defici√™ncia de biotina tem sido produzida pela ingest√£o de grande quantidade de clara de ovo crua, perda parcial da mem√≥ria, depress√£o, n√°useas e v√īmitos, palidez, dermatite seca escamosa, anorexia, glossite, hipotonia e mialgia.
Toxidade: N√£o h√° relatos.
Fontes de vitamina B7- Biotina: Carnes vermelhas, fígado, gema, de ovo, levedo de cerveja, leite, cogumelo e amendoim.

Vitamina B9 ‚Äď √Ācido F√≥lico, Folato
O √°cido f√≥lico ou folacina √© essencial para o metabolismo de certos amino√°cidos e para a matura√ß√£o dos gl√≥bulos vermelhos do sangue. A defici√™ncia  de √°cido f√≥lico causa anemia megalobl√°stica, dermatite, acne, eczema, anorexia, perda de peso, glossite, dor na l√≠ngua, palpita√ß√£o, problemas de mem√≥ria, irritabilidade, cefal√©ia, diarreia, m√° absor√ß√£o, dispneia, febre e modifica√ß√£o do car√°ter.
Toxidade: N√£o h√° relatos.
Fontes de Vitamina B9 ‚Äď √Ācido F√≥lico, Folato: Mi√ļdos, vegetais folhosos, milho, amendoim, levedo de cerveja, nozes, am√™ndoa, castanha de caju, castanha do Par√°, leguminosas e gr√£os em geral.

Vitamina B12 ‚Äď Cobalamina
A vitamina B12 √© utilizada na produ√ß√£o das enzimas  necess√°rias √° metaboliza√ß√£o dos alimentos, do √°cido nucleico e do √°cido f√≥lico. √Č tamb√©m necess√°ria ao pr√≥prio funcionamento de todas as c√©lulas, particularmente da medula √≥ssea, as do trato gastrintestinais, e as do sistema nervoso. A aus√™ncia do fator intr√≠nseco na secre√ß√£o g√°strica impede a absor√ß√£o da vitamina B12, dando em resultado a anemia perniciosa. A defici√™ncia de vitamina B12 causa, anemia perniciosa e megalobl√°stica, altera√ß√Ķes neurol√≥gicas, perda da mem√≥ria, diminui√ß√£o do senso de posi√ß√£o, anorexia, constipa√ß√£o, palpita√ß√Ķes, aumento no tempo de coagula√ß√£o sangu√≠nea e cefal√©ia.
Toxidade: N√£o h√° relatos.
Fontes de Vitaminas B12 ‚Äď Cobalamina: Alimentos fontes de prote√≠na animal.

Vitamina C ‚Äď √Ācido Asc√≥rbico
A vitamina C √© necess√°ria para a produ√ß√£o do col√°geno, para a integridade das paredes capilares, para a forma√ß√£o dos gl√≥bulos vermelhos do sangue, para o metabolismo dos amino√°cidos e para redu√ß√£o dos sais de ferro. A defici√™ncia  de vitamina C causa m√° cicatriza√ß√£o das feridas, escorbuto ‚Äď manifesta√ß√Ķes hemorr√°gicas, irritabilidade vasomotora, altera√ß√Ķes dermatol√≥gicas, dist√ļrbios psicol√≥gicos, emagrecimento, dores √≥sseas, cefal√©ia e  astenia.
Toxidade: Necrose tecidual e diarreia osmótica.
Fontes de vitamina C: Frutas √°cidas/c√≠tricas ‚Äď acerola, caju, goiaba, manga, laranja, abacaxi, maracuj√°, lim√£o, tomate, batata e vegetais folhosos, repolho, br√≥colis,  morango e mel√£o cantalupo.

Colina
Pode, ou não, ser considerada vitamina e ser sintetizada a partir do aminoácido metionina com intervenção da vitamina B12 e da Folacina. A deficiência da colina causa esteatose hepática.
Toxidade: N√£o h√° relato.

Referências Bibliográficas:
BODINSKI, Louis H; Dietoterapia ‚Äď Princ√≠pios e Pr√°tica. S√£o Paulo: Editora Atheneu, 2006.
PACHECO, Mauela; Tabela de Equivalentes, Medidas Caseiras e Composição Química dos Alimentos. Rio de Janeiro: Livraria e Editora Rubio, 2006.

Criado em: 24-05-2012 - Alterado/Corrigido em: 03-06-2012

As informa√ß√Ķes contidas no site MORELLINUTRICAO possuem apenas car√°ter educativo.