Morelli NutriçãoMorelli NutriÁ„o

Artigos

Viva o Ovo!

Nem sempre esse alimento deteve o t√≠tulo de mocinho. ‚ÄúA gema carrega colesterol e, por isso, o ovo passou muitos anos sendo acusado de elevar os n√≠veis de gordura no sangue‚ÄĚ, lembra Lia Buschinelli, nutricionista e coordenadora do servi√ßo de nutri√ß√£o do Instituto Paulista de Cancerologia, em S√£o Paulo. Mas, gra√ßas aos estudos cient√≠ficos realizados nas √ļltimas d√©cadas, esse mal-entendido foi esclarecido e o ovo absolvido.

Sabe-se, hoje, que a quantidade de colesterol consumida na alimenta√ß√£o influencia muito pouco as taxas dessa gordura no sangue. O mesmo n√£o se pode dizer das gorduras saturadas. Encontradas nas carnes, no leite e derivados integrais, elas s√£o as verdadeiras inimigas da sa√ļde do cora√ß√£o. ‚ÄúA concentra√ß√£o de gorduras totais no ovo √© cerca de 5 gramas, sendo apenas 1,5 grama do tipo saturada‚ÄĚ, afirma a nutricionista Aritiane Ricardo Silva, do Instituto de Preven√ß√£o Personalizada, em S√£o Paulo. Ou seja, √© um alimento que pode (e merece) ser consumido com frequ√™ncia.

Quantas unidades podem entrar no card√°pio? Segundo uma pesquisa realizada na Escola de Sa√ļde P√ļblica de Harvard, nos Estados Unidos, o consumo de at√© sete ovos por semana altera muito pouco as taxas de colesterol. Para chegar a esse n√ļmero, os autores avaliaram 120 mil homens e mulheres saud√°veis no per√≠odo de dez anos. Por medida de preven√ß√£o, no entanto, os especialistas ainda recomendam modera√ß√£o para quem tem colesterol alto. ‚ÄúPara essas pessoas, o consumo m√°ximo deve ser de tr√™s ovos por semana‚ÄĚ, orienta Aritiane.


Aliado da dieta
Outro ponto positivo que veio √† tona recentemente: esse alimento ajuda na perda de peso, de acordo com uma pesquisa do Departamento de Obesidade do Centro de Pesquisa Biom√©dico da Universidade Pennington, em Louisiana, nos Estados Unidos. M√©rito da prote√≠na de boa qualidade. ‚ÄúFormada por amino√°cidos essenciais (aqueles que n√£o s√£o produzidos pelo organismo), a prote√≠na do ovo sacia com mais facilidade‚ÄĚ, explica Daniel Magnoni, cardiologista e nutr√≥logo do Hospital do Cora√ß√£o (HCor), em S√£o Paulo. Ela ainda torna a digest√£o mais lenta, atrasando a sensa√ß√£o de fome. Experimente incluir o ovo no caf√© da manh√£. H√° provas de que, consumido nesse hor√°rio, ele deixa voc√™ menos voraz ao longo do dia, contribuindo para reduzir o total di√°rio de calorias. Mas n√£o vale ovo frito. Deve ser mexido, poch√™ ou cozido (nesse formato, ele pode at√© ser levado para o trabalho ou faculdade num potinho, dentro da bolsa, como op√ß√£o de lanche). ‚ÄúComer um ovo no final da tarde ajuda a driblar a vontade de doce, comum nesse hor√°rio‚ÄĚ, afirma Lucia Endriukaite, nutricionista e consultora do Instituto Ovos Brasil. √Č uma troca vantajosa para quem quer emagrecer, j√° que a unidade (clara e gema) √© magrinha: tem 70 calorias, em m√©dia. E voc√™ chega no jantar menos faminta.

Bom para os m√ļsculos
O ovo tamb√©m √© excelente para manter o corpo firme. Ele ajuda tanto no crescimento quanto na manuten√ß√£o dos m√ļsculos. Benef√≠cios promovidos especialmente pela a√ß√£o da leucina ‚Äď amino√°cido que comp√Ķe a prote√≠na da clara. Esse ingrediente, ali√°s, √© bastante usado nos suplementos nutricionais para o ganho de m√ļsculos. Por isso a clara √© a queridinha de atletas e praticantes de muscula√ß√£o. Para emagrecer sem ficar fl√°cida, voc√™ tamb√©m pode adot√°-la com mais frequ√™ncia que a gema. Mesmo porque a clara tem apenas 15 calorias e n√£o carrega gordura nem colesterol. Mas n√£o descarte totalmente a gema: √© ela que concentra a maior parte das vitaminas e dos minerais. Ou seja, √© a uni√£o das duas partes (clara e gema) que faz do ovo um alimento t√£o especial. √Č claro que, sozinho, ele n√£o faz milagre. Para obter todos os benef√≠cios que ele proporciona, voc√™ deve combinar o consumo √† pr√°tica de atividade f√≠sica e a uma dieta saud√°vel, de prefer√™ncia que inclua outras fontes de prote√≠na magra (peixe, frango e carne sem gordura). Mais bons motivos para voc√™ virar f√£ do ovo: √© barato e vers√°til ‚Äď rende muitas receitas diferentes e gostosas.

Alimento para o cérebro
O ovo n√£o √© rico apenas em prote√≠na. A gema concentra uma boa dose de colina, integrante do complexo B que, por contribuir para a forma√ß√£o de novos neur√īnios, √© considerado valioso para a sa√ļde do c√©rebro. ‚ÄúEstudos relacionam o consumo adequado de colina (126 miligramas por dia, quantidade encontrada em uma gema) a um menor risco de doen√ßas degenerativas como Parkinson e Alzheimer‚ÄĚ, comenta a nutricionista Lia Buschinelli. J√°s as subst√Ęncias antioxidantes, como as vitaminas A, D, E e K, sel√™nio, magn√©sio, zinco, ferro, c√°lcio e mangan√™s d√£o ao ovo o poder de combater o envelhecimento precoce das c√©lulas, afastando o aparecimento de rugas, al√©m de reduzir o risco de doen√ßas cr√īnicas como hipertens√£o.

Casca protegida
Na hora da compra, é importante verificar a data de validade e o selo oficial de inspeção estampados na embalagens. Fique de olho também no aspecto da casca e adote cuidados no armazenamento e preparo

‚ÄĘ  A casca deve estar limpa e sem trincas ou rachaduras.
‚ÄĘ  Em casa, guarde os ovos na geladeira, mas evite a porta. Apesar de muita gente guard√°-los nessa parte, n√£o √© o lugar mais indicado. Os movimentos de abre e fecha da porta podem quebr√°-los. Coloque-os mais no fundo da geladeira e dentro de um recipiente que impe√ßa o contato com os demais alimentos.
‚ÄĘ  N√£o lave antes de lev√°-los √† geladeira. A umidade na casca pode favorecer a entrada de microrganismos. Lave e seque-os com papel toalha na hora de usar.
‚ÄĘ  Para evitar que a casca quebre no cozimento, ponha uma colher de sopa de vinagre na √°gua. Se voc√™ gosta do ovo molinho, deixe-o na √°gua fervente por cinco minutos. Ou nove minutos se quiser ele durinho.

Fonte: Boa forma

Criado em: 09-05-2013 - Alterado/Corrigido em: 03-06-2013

As informa√ß√Ķes contidas no site MORELLINUTRICAO possuem apenas car√°ter educativo.