Morelli NutriçãoMorelli Nutrição

Fase da Adolescência

Nutrientes Importantes na Fase da Adolescência

A adolescência é uma etapa evolutiva peculiar ao ser humano, que culmina todo o processo maturativo biopsicossocial do individuo. Caracterizada por profundas transformações somáticas, psicológicas e sociais, compreende, de acordo com a Organização Mundial da Saúde as idades de 10 a 19 anos (WHO, 1986.; et al.).
Ela é o segundo período da vida extra-uterina em que o crescimento tem sua velocidade máxima, após a primeira infância. O crescimento está relacionado com o aumento da massa corporal e o desenvolvimento físico, compreendendo também a maturação dos órgãos e sistemas para aquisição de capacidades novas e específicas. Em ambos os processos, há influencias genéticas, ambientais, nutricionais, hormonais, sociais e culturais, sendo o crescimento resultado de uma interação constante entre esses fatores (Bianculli, 1995).
Nessa fase de crescimento acelerado é de grande importância a atenção à energia e a alguns nutrientes como proteínas, o ferro, o cálcio e as vitaminas A e C. cujas necessidades, aumentadas, estão fortemente ligadas ao padrão de crescimento.

Energia
Um estudo de Salto (1993) ele realça essa questão quando menciona que o pico Maximo de ingestão energética coincide com o pico de velocidade máxima de crescimento e então é observado um real aumento no apetite.
È sempre importante lembrar que as diretrizes são fundamentais para nortear a opção mais adequada, mas cabe ao profissional utilizar seu conhecimento para extrair dos métodos recomendados a maior fidedignidade aos dados encontrados.


Proteínas
O requerimento protéico é determinado pela quantidade necessária para manter o crescimento de novos tecidos, que durante a adolescência pode representar uma parcela substancial da necessidade total.
De acordo com a RDA de 1989, os valores recomendados de proteína podem ser expressos: Meninos de 11 a 14 anos – 45g/dia; e de 15 a 18 anos – 66g/dia; Meninas de 11 a 14 anos – 46g/dia; e de 15 a 18 anos – 55g/dia.


Ferro
Na adolescência, a necessidade de ferro aumenta para ambos os sexos em decorrência do crescimento rápido, do aumento da massa muscular, do volume sanguíneo e das enzimas respiratórias. Além disso, o sexo feminino em particular, há aumento adicional como o advento da menarca (primeira menstruação), devido à perda de ferro durante a menstruação. Essa perda é muito variável, mas parece que está relacionada com o nível de absorção do ferro.


Cálcio
A ingestão de cálcio é ima das grandes preocupações dos profissionais e estudiosos da saúde do adolescente. É importante porque, durante essa fase, ocorre o aumento da retenção de cálcio para a formação óssea. É um período crítico de mineralização dos ossos, o que poderá influenciar futuramente ao aparecimento de osteoporose. O período entre os 9 e os 17 anos de idade parece ser crucial para a realização do pico de massa óssea.


Vitamina A
A vitamina A é necessária ao crescimento, à diferenciação e à proliferação celulares, à reprodução e á maturação do sistema imunológico. No período da adolescência, ela é de grande importância devido à aceleração do crescimento.
Para os adolescentes, as recomendações de ingestão são consideradas separadamente, por sexo, em virtude das diferenças que ocorrem durante esse período e da influencia hormonal nos valores sanguíneos de vitamina A independente de suas reservas.


Vitamina C
A vitamina C atua, fundamentalmente, como agente redutor em várias e importantes reações de hidroxilação no organismo. Participa da síntese do colágeno, refletindo-se na cicatrização, na formação dos dentes e na integridade dos capilares.

Criado: 10-11-2010 - Alterado/Corrigido em: 07-12-2010

As informações contidas no site MORELLINUTRICAO possuem apenas caráter educativo.